Black Friday do Pequeno Negócio

Escrito por Kenia Coletto

Todo ano na última sexta feira de novembro acontece um dos maiores eventos do varejo, a Black Friday.  Essa promoção é tradição nos Estados Unidos, no Brasil chegou em 2010 e foi aderido por inúmeras lojas virtuais e, mais recentemente, lojas físicas.

No ano passado o faturamento do e-commerce durante o evento cresceu 10,3% (R$2,1 bilhões) segundo dados da E-Bit e o número de pedidos cresceu 14% (3,3 milhões) e mesmo com as atuais condições  econômicas a expectativas para este ano são ainda maiores, já que o número de descrentes quanto a veracidade dos descontos e promoções do evento vem caindo ante o número de apaixonados que aguardam ansiosamente pela data, além disso o envolvimento com a Black Friday também vem crescendo desde sua primeira edição.

Ainda existe o pensamento no país de que esta data se restringe muito as grandes empresas, mas é importante entender que esta data é um marco anual que, quando bem trabalhado, possui um grande potencial de crescimento e amplia a visibilidade da empresa para com o público.

A Google acompanhou seus clientes e afirma que as ações para uma Black Friday de sucesso devem ser intensificadas três meses antes da data acontecer. Mas para isso você precisa pensar em algumas estratégias que garantam o sucesso da sua ação.

  1. Garantir ser encontrado: as ações na Black Friday são muito mais frequentes na internet, então se você é um e-commerce ou possui um site de sua loja no qual divulgará suas ações promocionais é importante garantir que você será encontrado em meio a concorrência, ou seja ter um domínio forte e posicionar suas informações de contato de forma que o usuário as encontre com facilidade.
  2. Estar presente na busca: quando seu cliente estiver em busca de informações, realizando pesquisas é importante que você seja encontrado nesta busca, então invista para ser um dos primeiros na busca, investir somente em divulgação através das redes sociais pode não funcionar tão bem para você, já que grande parte de seus concorrentes estarão trabalhando desta maneira e talvez proporcionando descontos ainda maiores e mais atraentes para a clientela.
  3. Trabalhe o Remarketing: como já havia dito anteriormente esta é uma oportunidade incrível de se posicionar no mercado, promover engajamento, ganhar visibilidade e gerar novo clientes, mas de nada adiantará tudo isso se o cliente somente te buscar nesta data e não mais voltar, a ideia é que nesta data você possa crescer seu negócio, então trabalhe de forma que você possa mostrar todos os diferenciais que sua empresa pode oferecer ao cliente e fidelizá-lo de forma que ele se interesse e retorne a comprar seja no natal, no réveillon e até mesmo fora de épocas sazonais como estas.
  4. Prepare sua equipe: o tráfego no seu site e o volume de pedidos deve ser intenso neste dia e até mesmo nos dias seguintes, e é isto mesmo que nós queremos, por isso é importante contar com uma equipe treinada e engajada desde o atendimento até a entrega para que todas as ações anteriormente realizadas reflitam positivamente em seu faturamento com a realização do evento.

 

Fonte: https://www.programanex.com.br/blog/black-friday-para-o-pequeno-comercio

Google vê maior eficiência do pequeno varejo na Black Friday em 2017

4 Passos para um pequeno e-commerce crescer na Black Friday, segundo o Google

Como participar da Black Friday sendo pequeno e sem perder dinheiro?

Categorias